Entre 2011 e 2012 o Instituto Fonte e Fundação Itaú Social, em parceria com Instituto Paulo Montenegro e Ibope, realizaram pesquisa sobre as abordagens de avaliação existentes no Brasil, a partir da prática de profissionais que atuam com avaliação. A pesquisa reune uma seção sobre análise do perfil e da articulação entre os profissionais; uma caracterização de abordagens a partir da análise da prática de profissionais referência entrevistados em profundidade e uma análise dos desafios de desenvolvimento da avaliação no Brasil.

As abordagens de avaliação no Brasil

 

 

A pesquisa a seguir foi realizada pelo Instituto Fonte e Fundação Itaú Social, em parceria com Instituto Paulo Montenegro e Ibope, no ano de 2009, com o intuito de mapear quanto e como as ONGs brasileiras realizam avaliação de seus projetos e programas sociais, além de buscar conhecer as motivações, desafios e tendências da avaliação de projetos e programas sociais no Brasil.

- A avaliação de programas e projetos sociais de Ongs no Brasil

 

O seguinte link refere-se a um estudo do Instituto Fonte e da Fundação Itaú Social, em parceria com a InterScience, no ano de 2008, sobre a visão e as práticas de avaliação de investidores privados.

- A visão dos investidores privados sobre avaliação de iniciativas sociais

 

O link abaixo refere-se a estudo realizado em 2008 pelo Instituto Fonte, em parceria com a Fundação Itaú Social, sobre as Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado relacionadas com avaliação.

- Identificação e análise da produção acadêmica brasileira sobre avaliação de projetos sociais