Em 28 de Julho aconteceu o Diálogo "Limites e possibilidades da avaliação das políticas públicas: a prática do Nordeste”, promovido pelo Instituto Fonte, a Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação, a SEPLAG - PE e o FICAS, com a presença de Maurício Cruz, Marcos Falcão Gonçalves e Cristina Xavier Ferreira.

 

 

 

 

 

 

As seguintes perguntas foram inspiração para o encontro:

  • - Como as práticas de avaliação contribuem para alcançar melhores políticas?
  • - Quais são as experiências de avaliação de políticas públicas no Nordeste?
  • - Como fomentar iniciativas e trocas regionais?

Lúcia Carvalho, membro da Diretoria Colegiada da RBMA abriu o evento situando a proposta do Diálogo dentro do Planejamento Estratégico da Rede. Veja aqui a apresentação:  

A seguir, Saritta Brito, associada do Instituto Fonte apresentou o Instituto e a proposta dos Diálogos. Veja aqui a apresentação.

Dando início às apresentações das experiências do Nordeste, Maurício Cruz (SEPLAG – Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco) apresentou o monitoramento do Pacto pela EDucação realizado pela SEcretaria. Veja aqui a apresentação.

Marcos Falcão Gonçalves (Banco do Nordeste) apresentou a experiência de avaliação de políticas públicas realizada pelo BNB, mais especificamente do PRONAF. Veja a apresentação aqui.

Cristina Xavier Ferreira (SEPLAN – Secretaria de Planejamento da Bahia), apresentou o caso da Avaliação Inicial do PPA 2016-2019 no Estado da Bahia. Veja a apresentação aqui.

Cada experiência foi comentada por representantes da sociedade civil e houve trabalhos em grupos para aprofundamento e ainda mais trocas de experiências. Veja algumas imagens e em breve postaremos uma síntese da produção dos grupos.