O trabalho do Instituto Fonte na assessoria à estruturação do investimento social privado se dá sob as mesmas premissas de suas demais atividades, ou seja, uma cuidadosa abordagem à pessoa e/ou família cliente, no sentido de que nossa intervenção seja a mais respeitosa possível às raízes do desejo que os levou a doar/investir em tal ação social.


A nossa compreensão sobre a complexidade do enredamento das grandes questões sociais as quais enfrentamos hoje é de que não basta buscar ou decidir por ações que ‘solucionem’ problemas, sejam eles da ordem das desigualdades sociais e econômicas ou aquelas da sustentabilidade ambiental. Acreditamos que ‘solucionar’ problemas seja apenas uma das tarefas do investimento social privado.


Neste sentido, buscamos construir junto com nossos clientes uma abordagem que produza aprendizagem sobre as situações nas quais querem investir, no sentido de aprender a reconhecer suas dinâmicas mais íntimas, como tensões entre diferentes interesses internos e externos e a relação com outros subsistemas sociais que não estão diretamente ligados àquele investimento específico feito por ele.

Um dos resultados de agir dessa forma é que a decisão de onde e como investir é significativamente qualificado por uma ‘leitura mais abrangente da complexidade da situação’. O investidor, então, é capaz de avaliar resultados sob uma ótica mais respeitosa para com os processos históricos de cada instituição ou comunidade em foco. Todos ganham, investidor e beneficiário.

 

O Instituto Fonte acredita que o investimento social privado é, por natureza, uma oportunidade de qualificação do olhar do doador.